As Beneditinas Missionárias de Tutzing
celebram 125 anos de fundação!

125 anos da fidelidade de Deus

Irmã Matilda Handl, OSB

tutzing

«De sua plenitude recebemos graça sobre graça» (Jo 1,16): eis o tema de nosso ano jubilar. No dia 24 de setembro de 2009, nós, Irmãs Beneditinas Missionárias de Tutzing iniciamos sua celebração.  O ano de 2010 assinala o 125º aniversário de nossa fundação pelo P. Andreas Amrhein, OSB.

Madre Ângela Strobel, Prioresa geral, entregou um círio do jubileu aceso às Irmãs dos vários Priorados e regiões, durante uma colorida celebração internacional da Eucaristia. A celebração aconteceu no recém renovado Convento da Imaculada, em Norfolk (Nebraska, Estados Unidos), onde as formadoras da Congregação estavam reunidas. Cada uma preparou comidas típicas de seus respectivos países, além de agradáveis canções, danças e representações cênicas contando a história da Congregação.

A 24 de setembro de 1885, as quatro primeiras mulheres chegavam à «Casa das Missões» como «domésticas». Pois, naquela época, as novas Congregações religiosas estavam proibidas na Alemanha.

Já em 1887, os dez primeiros monges e irmãs partiam para o território da atual Tanzânia, depois de terem feito a profissão monástica em Roma. Apesar das duras perdas, devidas às doenças tropicais e a duas rebeliões, as jovens Congregações gêmeas se desenvolveram. Em 1904, as irmãs se mudaram de Sankt Ottilien para Tutzing e deram início a suas próprias fundações: Brasil (1903) e Filipinas (1906). Em 2000, as Irmãs Beneditinas Missionárias estavam presentes em vinte países e contavam mais de 1400 membros, incluindo as noviças.

No decurso do presente ano jubilar, as irmãs irão aprofundar seus laços espirituais com conferências mensais, orações de ação de graças e intercessões diárias.

O círio do jubileu foi levado em procissão durante as vésperas do domingo, na comunidade de Roma. Propôs-se um dia de jejum, não obrigatório, a cada primeira sexta-feira do mês. Juntas, nós louvamos a Deus por tanto amor e ternura durante nossos inícios difíceis, pois ele nos ajudou a superar as numerosas crises nesses 125 anos de vida beneditina e de anúncio do Evangelho.

Outras atividades do jubileu são os novos centros de espiritualidade de Daegu (Coréia do Sul) e Norfolk (Estados Unidos). O Priorado de Nairobi (Quênia) publicou um belíssimo calendário com as datas memoráveis de nossa história e numerosas fotografias coloridas. No Brasil, as jubilares de ouro, através de uma peregrinação à nossa antiga Missão do Rio Branco (atual Roraima), vão sondar as possibilidades de uma nova fundação. No Priorado de Olinda (Pernambuco), cada comunidade visita e assume uma dúzia de famílias carentes, num total de 125.

Uma outra iniciativa para marcar nossa gratidão é a coleta de informações, em vista de uma futura publicação, sobre a vida das irmãs pioneiras. Estamos colaborando com nossos irmãos «gêmeos» de Sankt Ottilien para publicar as cartas de nosso fundador. Os quatro Priorados da África, onde começamos nosso trabalho missionário, se reuniram para oferecer uma belíssima placa com o nosso logo à comunidade de Roma, onde anualmente se realizam cursos internacionais de renovação. Nossas irmãs coreanas são atualmente na Congregação o contingente mais numeroso. Duas irmãs coreanas e duas alemãs fazem parte do grupo de mártires norte-coreanos cujo processo de beatificação está em andamento.

Com o coração cheio de reconhecimento, agradecemos a Deus por sua plenitude, da qual tudo recebemos, e pedimos ainda copiosas bênçãos a fim de darmos prosseguimento ao nosso trabalho.

Irmã Matilda Handl, OSB, é missionária beneditina de Tutzing e pertence à comunidade do Immaculata Monastery, de Norfolk, NE (Estados Unidos).

Traduzido do inglês por Irmã Maria Consuelo Tavares, OSB.

Utilisateurs connectés

Temos 96 visitantes e 0 membros em linha