NOTÍCIAS DO MOSTEIRO DE TOFFO(1)

Vida em Comunidade

toffoNo sábado, dia 17 de janeiro de 2009, pela primeira vez, elegemos nossa Prioresa Conventual. Há meses, com a ajuda do P. Jean-Joachim Adjovi e vários outros, começamos a nos preparar espiritualmente para este acontecimento. Madre Marie-Reine Hounsou foi eleita e a alegria transbordou de nossos corações repletos de ação de graças. Obrigada a todos e todas que estiveram unidos a nós na oração. A unidade da comunidade e a paz que reina entre nós são o seu fruto mais evidente, é óbvio. Agradecemos que continuem rezando por nós, pois o processo de santificação que se realiza em todo batizado nunca termina.

A comunidade, assim como o país inteiro, viveu materialmente alguns transtornos, com freqüentes interrupções de eletricidade (algumas descargas elétricas danificaram muitos aparelhos) e de fornecimento de água, apesar de nossas precauções contra os raios. A atividade do país parou bruscamente, recomeçou em seguida e parou novamente, deixando-nos em total escuridão e completa secura. O país está empobrecendo cada vez mais e queremos confiá-lo às orações de todos. Tudo isso nos incomoda, é claro, mas suportamos com paciência procurando partilhar o pouco que tempos com nossos irmãos ainda mais necessitados, pois muita gente vem bater à nossa porta.

Vida de trabalho

A Sagrada Escritura e a Regra de São Bento conferem grande importância ao trabalho como uma atividade realizada por amor, que nos permite viver na presença de Deus imitando Jesus em Nazaré. Por ora, os atuais ateliês de tecelagem e de produtos artesanais estão tendo dificuldade para encontrar novos mercados. A carestia de vida nos atinge como a todos os beninenses. Como melhorar nossos rendimentos? Encontrar um outro ganha-pão? Estamos a procurar...

Neste ano, procuramos reduzir nossas despesas alimentícias produzindo nós mesmas o que é a base de nossa alimentação. Nossa terra é bastante pobre, mas Irmã Marie-Joseph, com uma equipe de trabalhadores, conseguiu produzir 2.265 kg de milho e 800 kg de farinha de mandioca (gari); isso cobre nossas despesas, bem como as do galinheiro.

Falta-nos uma máquina adequada para tornar menos penoso o preparo da mandioca. Conseguimos fazer 200 kg de tapioca. As palmeiras produziram 70 litros de óleo nesse ano. Estamos começando a fabricar sabão, ao menos para uso interno. Tudo isto para lhes dizer que ganhamos a vida com o suor do próprio rosto para repartir e também acolher nossos hóspedes num ambiente que os leve à oração pela beleza, pois assim serão recebidos como Cristo – é o que nos ensina São Bento.

Traduzido do francês por Maria Luísa Laranjeiro de Souza.

(1) Mosteiro de monjas beneditinas (Monastère Saint Joseph), pertencente à Congregação de Santa Batilde, situado em Toffo, na República do Benin (África Ocideental).

A ABADIA DE SÃO MAURO EM PLENA EXPANSÃO(1)

Nossa nova hospedaria, Saint Pirmin, ainda está sendo construída e terá em torno de 80 quartos e salas. Já estamos podendo utilizar algumas partes da casa e tivemos ocasião de acolher convidados provenientes do próprio país, bem como dos Estados Unidos, Áustria, Alemanha e Itália. Assim que estiver concluído, o edifício trará um bom rendimento para o Mosteiro, possibilitando-lhe uma melhor autonomia financeira.

De 20 a 23 de setembro de 2009, a primeira conferência africana beneditina sobre a formação realizou-se em nosso Mosteiro. Foi um desafio e tanto hospedar cerca de trinta pessoas numa hospedaria ainda inacabada, contudo, podemos dizer que todos os participantes ficaram satisfeitos.

O dormitório dos monges está em sua fase final de construção. Nossa comunidade está aumentando e graças a uma ajuda generosa, podemos oferecer aos monges um local mais adequado. Teremos quarenta novas celas. Atualmente, algumas celas da antiga casa são ocupadas por três ou quatro irmãos. Estamos igualmente prevendo começar a construção do edifício para alojar os rapazes da escola secundária Saint Benedict. No momento, eles estão morando em quartos alugados a famílias da cidade de Hanga. Não há eletricidade, o que torna o estudo muito difícil. Estamos também projetando construir uma nova igreja para a Abadia e uma enfermaria para os monges idosos e enfermos.

Traduzido do francês por Maria Luísa Laranjeiro de Souza.

(1) Florescente Mosteiro beneditino com mais de cem monges, pertencente à Congregação de Sankt-Ottilien, situado em Hanga, Tanzânia (África Oriental).

Utilisateurs connectés

Temos 85 visitantes e 0 membros em linha